Fan Page - Compliance e Comunicação
Showcase Page - Compliance e Comunicação
Boletim Ambiental

Circular do BC para prevenção à lavagem de dinheiro terá mudanças até o fim do ano

Instituições financeiras devem ter mais liberdade para administrar recursos Foto: André Dusek/Estadão

Principal ponto a ser revisado será a ‘abordagem baseada em risco’, conceito que dá mais autonomia para instituições investirem em prevenção em áreas que consideram mais expostas

Para melhorar os mecanismos de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao Terrorismo (PLD/FT), o Banco Central está fazendo uma revisão da circular nº 3.461, de 24 de julho de 2009. As modificações devem acontecer até o final do ano e têm o objetivo de “deixar mais claro alguns dispositivos que geram confusão, tanto para o órgãos supervisionados como para os fiscalizadores”. O foco das mudanças será no conceito da “abordagem baseada em risco”, mecanismo que aumenta a autonomia das instituições financeiras.

A prática é uma recomendação dada pela Financial Action Task Force, organização intergovernamental que desenvolve políticas de combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo. A abordagem proposta prevê que a própria instituição efetue uma avaliação e aloque recursos destinados à PLD/FT onde considerar que os riscos são maiores.

Segundo Ricardo Dollinger, chefe da área de compliance do BNP Paribas, a principal mudança que essa abordagem traz é que ao invés de o regulador simplesmente determinar as normas a serem cumpridas, a instituição precisará avaliar por conta própria os seus riscos, o que tende a tornar a análise mais minuciosa.

Link Curto: http://bit.ly/2r4IMTU

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*